Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Queria? Já não quer?

Estabelecimento gerido por taberneiros armados em engraçados.

Queria? Já não quer?

Estabelecimento gerido por taberneiros armados em engraçados.

Sobre isto de perder um grande amor.

Ela era linda!

Cabelos dourados, sedosos, ondulados.

Uns lábios sinuosos e carnudos, que mereciam levar milhões de beijos por dia.

 

Os seus olhos, cor de terra e, talvez por isso, terra-à-terra, atentos, sempre focados.

A maquilhagem que usava faziam-nos quase saltar da cara, de tanto dar nas vistas.

 

As suas curvas, normais, decentes, nem muitas nem poucas, eram as estradas onde eu gostava de me perder, percorrer até ao infinito, em direcção ao Sol que era o seu sorriso.

 

O seu feitio... Oh, o seu feitio! Serena, sempre serena, mas parecendo conter o Mundo dentro dela.

Nunca se dava a conhecer completamente, porque sabia que ninguém merecia realmente conhecê-la. Não havia homem vivo neste Mundo capaz - ou sequer merecedor - de a compreender.

 

Tínhamos a relação perfeita, ou pelo menos assim eu pensava...

Caí em mim quando ela se foi embora, e percebi que estava destinado a ser assim desde o início. Não tive capacidade de o prever e, por isso, agora sofro.

 

Não sei onde estás neste momento, minha querida, mas quero que saibas que estarás sempre comigo, num cantinho especial do meu íntimo, mesmo que a implacabilidade do tempo me obrigue a ter de encontrar outra cópia de ti.

Mas nunca será uma cópia fiel, porque já não se fazem como tu.

 

Pelo menos foi o que o senhor da loja disse, quando lhe pedi uma boneca insuflável.

És modelo único, e eu amo-te também por isso.

 

Adeus, Passion Doll S2000!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

blow-up-doll.jpgAdeus...