Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Queria? Já não quer?

Estabelecimento gerido por taberneiros armados em engraçados.

Queria? Já não quer?

Estabelecimento gerido por taberneiros armados em engraçados.

Perplexidades da vida

Muitos blogs e websites falam sobre coisas que incomodam, irritações do dia-a-dia, políticas insultuosas do governo actual ou transacto. Mas este blog não é os outros blogs e por isso mesmo não é tarde nem é cedo para inovar: o que me leva a partilhar não é o estúpido ou o engraçado, mas o que, por vezes, nem descrição tem. Seguem-se situações em que me custou até a encontrar emoções para me exprimir, numa rubrica que gosto de intitular:

perplexo (1).jpg

 Numero 1: Há não muito tempo desloquei-me a um local de festa com alguns amigos, quando para minha surpresa encontrámos um lugar de estacionamento vago numa rua muito movimentada. Enquanto um de nós tentava estacionar o carro o trânsito foi obrigado a parar para facilitar a manobra, visto que 3 segundos depois uma senhora sai do seu veículo gritando "seu camelo de m****, toca a andar", seguindo-se um "eu sou doente, não posso ficar aqui". Os meus 25 anos de experiência de vida disseram-me logo que esta senhora fora jogadora profissional de futebol, pois a sua mazela surgiu no momento mais pertinente possível. Depois de ameaçar chamar as autoridades, a senhora continuou em angustiante dor durante outros 20 segundos até poder seguir o seu caminho, mas não sem antes deixar uma asneirada no ar, atirada na nossa direcção. E eu fiquei ali, perplexo, a pensar em todas as vezes na minha vida que desperdicei 30 segundos a procrastinar ou só a coçar-me, sem saber que algures no mundo, alguém estaria a morrer no trânsito. Esta experiência fez-me aproveitar a vida de outra maneira e só espero inspirar outros a fazer o mesmo.

 Numero 2: Hoje nevou e nevar aqui juntinho à praia é sempre surpreendente, mas o que me deixou "speechless" foi uma senhora na minha rua que prontamente pegou numa bolinha de neve e a levou para sua casa. Irá ela guardar no congelador para nos dias mais difíceis olhar para lá e pensar no dia mágico quando nevou? Irá construir o boneco de neve mais pequeno do mundo? Será que sabe como funciona isto da neve e dos efeitos do aquecimento na mesma? as perguntas são infinitas.

 Numero 3: O Eliseu é titular numa equipa da 1ª divisão. Esta não precisa de grande explicação, quer dizer... indigna-me! Serei eu o único a ver as suas "prestações"? Viveremos todos num mundo digital a la Matrix onde nada é real e as leis da lógica não são utilizadas?

Fico-me por aqui, por agora.

2 comentários

Comentar post