Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Queria? Já não quer?

Estabelecimento gerido por taberneiros armados em engraçados.

Queria? Já não quer?

Estabelecimento gerido por taberneiros armados em engraçados.

O flagelo da caça à multa.

Devem estar a perguntar-se porque é que eu estou com esta iguana na cabeça.

Bem, vocês não devem estar lá muito bem, porque eu não tenho nada na cabeça. Nada, mesmo! Nem miolos, nem nada...

 

empty-head-colouring-pages-rD3ZR6-clipart.gifVêem?

 

Aliás, minto. Tenho uma coisa na cabeça, realmente tenho...

Tenho a multa de estacionamento que paguei ontem por ter ido à esquadra da polícia pagar a minha multa de estacionamento do dia anterior!

 

Sim, é verdade. Já estou a pagar multas de estacionamento há cerca de duas semanas.

Tudo começou quando fui comer um gelado à gelataria que fica ao lado da esquadra. Tem os melhores gelados daquela zona, e por isso sou cliente frequente - não assíduo, porque não tenho lá ido tanto quanto gostaria.

Quando comi o meu gelado de goiaba e pistáchio (eu passo-me com sabores exóticos), paguei, saí e dirigi-me ao carro, vendo que lá tinha uma multa de estacionamento.

Como não tinha dinheiro na carteira na altura - porque tinha pago o gelado - e como tinha deixado o cartão de débito em casa (afinal, ia só comer um gelado, nada mais), decidi que pagaria a multa no dia seguinte.

Foi o maior erro financeiro da minha (ainda curta) vida financeira.

 

No dia seguinte, de manhã, estacionei no mesmo sítio para ir pagar a multa. Quando cheguei ao carro, tinha outra. Do mesmo valor e tudo.

E assim sucessivamente, ao longo das últimas duas semanas.

Estou farto, isto não se faz a um cidadão comum e respeitador, que só queria desfrutar de um gelado em paz!

 

c0f479d40d87d002107623d34579f06a10bab11f3090fec432 E talvez visitar uma casa de meninas ou outra.
Mas nesses sítios sou sempre muito poupadinho.

 

Eu sei, eu sei... Lá vêm vocês com as vossas perguntinhas do costume: "porque não estacionaste noutro lugar?"; "não havia parquímetro lá perto?"; "porque não pagaste a multa por multibanco?".

E eu respondo: porque sou uma criatura de hábitos!

Parei sempre naquele terreno baldio durante 7 anos, não tenho a culpa que tenham decidido agora fazer daquilo um cemitério.