Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Queria? Já não quer?

Estabelecimento gerido por taberneiros armados em engraçados.

Queria? Já não quer?

Estabelecimento gerido por taberneiros armados em engraçados.

Gostos não se discutem, mas criticam-se.

Sim, eu sei que os gostos não se discutem.

Mas... É assim tão mau que eu dê a minha opinião acerca dos vossos gostos esquisitos?

 

Não, não estou a falar de si, caro leitor que come iogurte com o garfo. Nem de si, leitora que põe folhas de alumínio no cabelo por uma qualquer razão estética. Esse tipo de gostos, menores, todos nós temos.

Estou a falar de gostos maiores que dizem respeito à vida, à realidade em que vivemos, aos desígnios do Universo.

 

I-Travelled-The-Universe-Once-Funny-Cat-Picture.jp

Estes desígnios.

 

Por exemplo:

- Quando morrer, quero ser enterrado ou cremado?

- O significado da vida obtém-se através das pequenas coisas do dia-a-dia ou através de sucesso pessoal, profissional e/ou familiar?

- Se viajasse no espaço, preferiria ir para Marte, já aqui ao lado, ou para outra galáxia?

- Para a minha dieta, escolho leguminosas mais comunitárias como o feijão e as ervilhas, ou opto pelo grão-de-bico e pelas lentilhas porque são das poucas que crescem sozinhas na casca?

 

Se me responderem, por exemplo, que preferem as leguminosas mais solitárias, então não tenho o direito de discutir convosco esse vosso gosto, pois claro que não!

Mas posso sempre dizer que esse gosto é estúpido e reflecte o quão mimados vocês são, que nem gostam de viver em comunidade.

 

No fundo, é isso. Não quero discussões sobre nada, só quero poder dar a minha opinião.

Agora vou jantar, que já tenho ali uma bela feijoada em cima da mesa à espera.

 

Sim, porque eu como feijão.

Não sou mimado, como vocês.