Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Queria? Já não quer?

Estabelecimento gerido por taberneiros armados em engraçados.

Queria? Já não quer?

Estabelecimento gerido por taberneiros armados em engraçados.

Darwin Man

Tenham cuidado, ele anda por aí.

 

A salvar o mundo todos os dias, prevenir uma acção de cada vez. Pode estar em qualquer lado, pode aparecer de repente.

Estejam no duche e com pensamentos de ir buscar algum aparelho eléctrico, estejam a segurar a serra de uma motosserra entre as pernas enquanto a tentam ligar, estejam a lavar o carro com a capota aberta… Ele vai lá estar e vai-vos matar.

 

Há que impedir a estupidez de ser perpetuada no universo, há que assegurar a resistência e sobrevivência da raça humana.

 

Sempre que vires um programa estúpido, sempre que contribuíres para qualquer estupidez em forma de cultura seja difundida, sempre que recusares vacinar os filhos, sempre que disseminares falso conhecimento médico, sempre que demonstrares que não sabes nada de geografia mas insistires que estás correcto, sempre que chateares pessoas com detalhes do teu estilo de vida, ele vai estar a ver! E vai actuar!

 

Sempre que fores homofóbico, xenófobo, racista, sexista… Ele vai tomar nota.

Todo e qualquer argumento estúpido, toda a acção que puser em risco a humanidade, ele vai tratar de eliminar.

 

Não é o herói que queremos, mas é o herói que precisamos. Com urgência. É o herói que merecemos, depois de gerações a contribuir para aumentar o nível de estupidez sem fazer nada para o impedir. Ele é o nosso herói, um guardião silencioso, um vigilante protector… Ele é o Darwin Man!

 

A resolver e evitar os problemas com as suas próprias mãos, a assegurar-se que a selecção natural irá funcionar, ele vai livrar este mundo de todos os perigos da estupidez, ele não olha a meios para atingir os seus fins. Ele vai proteger a humanidade de si própria, vai garantir o nosso futuro.

 

Pensem antes de falar, pensem antes de agir, porque ele está a ver. Está sempre presente e irá matar-te se for necessário. Ele está no meio de nós. Darwin Man!