Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Queria? Já não quer?

Estabelecimento gerido por taberneiros armados em engraçados.

Queria? Já não quer?

Estabelecimento gerido por taberneiros armados em engraçados.

As novas luzes de presença.

Já repararam que, hoje em dia, é praticamente impossível estarmos num quarto realmente às escuras?

 

Eu bem tento enganar as gajas, levando-as para a minha casa e usando a desculpa de que faltou a luz, e que vamos ter de conviver às escuras.

Mas há sempre umas luzinhas, por mínimas que sejam, que me furam os badalhocos planos.

 

Candlelight-in-darkness.jpg"Aaah, raios! Não era bem essa a vela que devias acender..."

 

Pode ser a luz de presença da TV, as lamparinas do router, os pontinhos luminosos da box, as bolinhas flamejantes do carregador do portátil ou, até mesmo, a luz irritante daquele botão alaranjado do on/off que existe em algumas extensões.

A menos que falte realmente a luz, há sempre, em todas as divisões da casa, uma fonte luminosa que nos acompanha, qual luz de presença de que não abdicávamos quando éramos miúdos.

 

Façam a seguinte experiência, um dia à noite: entrem numa divisão qualquer da vossa casa e fechem a luz.

Mesmo que se trate da casa-de-banho, o mais certo é encontrarem uma luzinha qualquer lá dentro, nem que seja da ventoinha da ventilação.

Ao fim de algum tempo sentados no trono, e devido à adaptação natural dos nossos olhos ao escuro, aquele pontinho de luz vai parecer-vos um holofote, apontado especialmente para que vos vejam a fazer as vossas necessidades.

 

pitch-black-darkness-21.jpg "Agora é só limpar o rabito e já está!"

 

E perguntam vocês: "Mas por que raio é que isso te interessa, meu palhaço?".

Ao que eu respondo: não sei. Tive ontem dificuldades em adormecer por causa de uma luz dessas e só achei que era uma constatação gira.

 

Boa noite, durmam bem.