Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Queria? Já não quer?

Estabelecimento gerido por taberneiros armados em engraçados.

Queria? Já não quer?

Estabelecimento gerido por taberneiros armados em engraçados.

Anselmo Ralph é um exemplo.

 Por agora já todos devem ter visto ou souberam da aparatosa queda de Anselmo Ralph no concerto da tomada de posse de Marcelo Rebelo de Sousa, na Praça do Município,em Lisboa. Alguns podem ter saltado da cadeira preocupados, outros podem ter esboçado um sorriso, eu pessoalmente não tive grande reacção à notícia, mas o que me intrigou mesmo foi a sua explicação para o descuido.

 Segundo o cantor, este caiu pois não queria virar as costas ao novo Presidente da República, a única solução fora subir as escadas sem olhar, de costas. Anselmo, como todos os grandes artistas, não escreve as letras para as suas músicas apenas por rimarem, existe certamente um significado mais profundo por detrás de tudo o que canta (sim, mesmo quando este rima "lady" com "passageiro"). E eu desconfio que também aqui fica algo subentendido, uma mensagem, um conselho: tal como o Presidente é uma figura de respeito e tudo o que possa desrespeitá-lo é indesejável, também o povo português merece respeito e merece ser visto pelos olhos de quem o quer impressionar. 

 Esperemos então que o professor Marcelo reserve para os portugueses a cortesia de os olhar nos olhos enquanto tenta tudo e mais alguma coisa para os impressionar. O que não é pedir muito, tendo em conta que apenas tem que suplantar o seu antecessor. Que é o mesmo que dizer que apenas tem que se manter acordado.

 

subs33.JPG

 

 Entretanto eu antecipo uma onda de apoio ao cantor angolano. Afinal, #somostodosanselmos.

1 comentário

Comentar post